Hoje é domingo

Hoje é domingo do pé do cachimbo;

Cachimbo de ouro que bateu no besouro;

Besouro de prata que bateu na barata;

Barata de linha que bateu na galinha;

Galinha valente que bateu no tenente;

Tenente que dormiu e acordou doente com dor no dente.

Alguém lembra do texto acima? Ele fez parte da minha infância, lá em Santarém. Talvez tenha feito parte da sua também. Eu o aprendi através da tradição oral com os meus pais. Não, acho que foram com os meus tios! Ou teria sido com meus avós? Não importa. O importante é que esse conhecimento além de me divertir, pois gostava das rimas; também instigava a minha curiosidade, pois eu me perguntava quem tinha inventado aqueles versos? Nunca fiquei sabendo a origem deles. Mais tarde aprendi que esse tipo de conhecimento faz parte do nosso Folclore e vai sendo modificado conforme vai passando de geração para geração.

Era outro tempo, sem Internet, sem celulares, com pouquíssimos vídeo-games, e poucos desenhos animados. Eu gostava muito quando os adultos recitavam esses tipos de versos e tentava decorá-los. Quem conseguia tal façanha, era tido como muito inteligente pelos “mais velhos”. Isso de certa forma ajudava no desenvolvimento de habiliades como memória e concentração das crianças daquela época, pois nós tínhamos que nos concentrar, prestar o máximo de atenção. A criançada se concentrava tanto que chegávamos a “ouvir” com os olhos e “ver” com os ouvidos, enquanto nossa imaginação montava as imagens dos versos. Hoje tudo é muito rápido, colorido e cheio de sons. As crianças mal conseguem se concentrar em uma única atividade, mal começam um jogo, já mudam para outro porque enjoaram do anterior. As crianças acabam não absorvendo a cultura de seus antepassados, mas sabem qual é a última moda da TV ou da Internet.

Na correria do dia-a-dia, eu já esqueci muita coisa que me ensinaram quando eu era criança. A partir de agora sempre que lembrar de alguma coisa desse conhecimento que passa de pai para filho, vou registrá-lo aqui na  Maloca.

Quando lembrei desses versos no trabalho, os meus colegas conheciam uma outra versão que eu não conhecia. Imagino que cada região do país deve ter uma ou várias versões deles, por isso convido a todos a colocarem nos comentários a versão que conhece. Não esqueçam de mencionar a sua cidade e o Estado.

Tenham um excelente domingo. (Do pé do cachimbo é claro! 😉 )

Anúncios

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: